O que é Yoga, heim?

O Yoga é simples!

Entendê-lo através de palavras é que complica um pouco. Talvez fique mais fácil começar dizendo o que o Yoga não é.

 

Primeiro: Yoga certamente não é religião, apesar de termos o Bhakti Yoga que é uma linha do Yoga que privilegia o elogio aos Deuses do Hiduismo. Em sua prática, o Bhakti Yoga nada mais é do que a elevação de aspectos presentes no ser humano e na natureza. Seu simbolismo remonta a sabedoria e a ética universal sobre o amor em todas as suas consequências: perdão, tolerância, solidariedade e até mesmo a guerra…

O Yoga também não uma ginástica, apesar do Hatha Yoga ter como seu principal veículo o corpo.

Yoga, muito menos é uma ciência ou uma filosofia, apesar da busca pela liberdade e por nos ensinar a viver melhor.

Atualmente um professor de que gosto muito disse: Yoga é cultura. E ele não está errado. O Yoga realmente muda as pessoas em um mesmo sentido. O yogues em geral tem saúde, tem calma, aparentemente sofrem menos e muitas vezes tornam-se vegetarianos, mas certamente não é preciso comer como um indiano, vestir-se como um indiano, celebrar as festas dos indianos ou mesmo ir para a Índia para ser um yogue. Se é que o professor considerava esses elementos quando pensou no termo cultura.

 

Prefiro voltar-me para a definição do Yoga Sutra – documentos mais antigo que se conhece sobre Yoga. E esta definição, certamente também não será imune as falhas da tradução, falhas da própria linguagem e da interpretação da professora que vos fala.

Mesmo assim vamos arriscar: Yoga é a capacidade de lidar com a mente.
E a prática do Yoga, seja em que linha for, é o esforço para manter-se nesse equilíbrio, nesse domínio da mente.

Em outras palavras, podemos dizer que o yogue percebe que ele é maior do que a sua mente; e ainda, que a mente é maior do que seu cérebro. O yogue quer tornar-se mestre da sua mente para que ela lhe ajude a cumprir seu dever nesta vida.

Complicou?
Então, siga o conselho de um dos mestre da nossa era, Pattabhi Jois. Ele dizia: “Pratique e tudo virá”. 


De forma simple, P. Jois nos disse o essencial. Com a prática todo o entendimento virá em forma de força individual, de escolha pessoal para viver a própria vida da melhor forma, principalmente diante de desafios incríveis que podem surgir.
Todo yogue tem na sua prática o seu grande tesouro. Um tesouro que muda a sorte do praticante. Quantas e quantas vezes não ouvi espontaneamente de meus alunos frases como: “meu dia é melhor quando faço meu sádhana de manhã” ou “preciso voltar pra yoga, eu era outra pessoa quando praticava”…

O Yoga vai mudando a sorte daquele que se dedica, e quanto mais dedicação mais “sorte”.
Então, eu te convido, VAMOS PRATICAR!

Anúncios

Bem vindo(a) ao Yoga!

a nos ensina que quando damos um passo em direção ao Yoga ele dá mil passos em direção a nós… Dê seu passo!

Telefone: (85) 9149-0159

Email: anandabanhos@gmail.com
Skype: anandabanhos
Facebook: yoga

Prática no espaço Clara Luz, SEGUNDAS E QUARTAS  

Das 19:45h às 21:00h

 

 

Receitas Indianas

Receitas Indianas. Muitos pediram, então aí vai….!

Receitas gostosas e fundamentais para uma boa saúde. E falo de saúde com sabor! 

A receita do tchai que segue abaixo é a mais saborosa que já experimentei. Aprendi a fazê-lo com uma indiana maravilhosa que dá cursos de culinária em Mysore, Índia.

Bom, qualquer pessoa sabe que toda receita fica melhor se os alimentos utilizados são frescos e não industrializados. Então dê preferência a tudo que é natural. 

Vamos ver aqui, que o vegetarianismo não tem mistérios e que sabor e saúde podem andar juntos.  Seja curioso, é bom experimentar o novo.  Inclua na sua alimentação mais legumes, outros tipos de cereais, como lentilha e ervilha, inclua também as castanhas e o óleo de côco, que é o melhor para assar banana em casa…. bela sobremesa

Desmistifique! 1. A culinéria vegetariana é saborosa, sim, e se não for é porque não souberam preparar; 2. O alimento orgânico é grande, bonito e saboroso, sim; 3. Diminuir a carne não deixa ninguém fraco não viu, já tem muita pesquisa que comprova isso; 4. Vegetarianos não come só folha, “por favor né”, ninguém conseguiria! 

Aguardem mais receita…

Namastê

 

Para o TCHAI vamos precisar de 5 especiarias+ leite e água:

O melhor é triturar ou macerar esses ingredientes pra obter maior sabor.

1. cravo, dois por xícara;

2. canela em pau, uma por xícara;

3. gengibre fresco, um pedacinho por xícara;

4. cardamomo, uma sementinha (todas as bolinhas preta de dentro da casca) por xícara vale a pena, eu adoooro;

5. chá preto bem forte, 2 saquinho por xícara (tem menos cafeína que o café, não se preocupe).

+ 2/3 de leite integral da fazendinha mais próxima e 1/3 de água. Se quiser bem cremoso faça só com leite.

Modo de preparo: Ferva a água com as especiarias e acrescente o leite até ferver. Apague o fogo e sirva quentinho. A cor do tchai, tem que ser a de café com leite, então capriche no chá preto. O açucar é a gosto… Eu gosto com um pouquinho de açúcar demerara, pra quebrar o ardorzinho do gengibre. 

Delícia! Principalmente no frio ou de manhãzinha…

Você já ouviu falar em GHEE, manteiga clarificada?

Na Índia essa manteiga é ouro líquido e é usada até como remédio pela medicina Ayurvédica. E o melhor, é muito fácil de fazer!

Compre uma manteiga de boa qualidade, com ou sem sal. Coloque todo o conteúdo em banho-maria, ou seja, fogo bem baixinho fervendo uma aguinha e a sua panela em cima com a manteiga recebendo o calor apenas do vapor da água da panela de baixo. Visualizou?

Então… O que vai ocorrer é uma separação natural de todo a gordura ruim (branca, pesada, o próprio colesterol, que se deposita no fundo) da parte boa (amarelinha, líquida, flúida).

Você vai perceber que a parte branca fica no fundo e com alguns pontos soltos e a maior  parte é amarela. Para separar derrame gentilmente numa vasilha de vidro o líquido amarelo com a ajuda de uma colher pra deixar passar o mínimo possível da parte branca. E pronto… deixe esfriar e guarde na geladeira

Para guardar a ghee, escolha um vidro com tampa. Lave bem lavado e derrame água fervente para deixá-lo limpíssimo. Seque bem.

Meditação

Diz Tarthang Tulku (um Lama Tibetano):

“Alcançar uma perspectiva mais ampla é como abrir uma janela num quarto abafado; toda a atmosfera se renova e a brisa fresca traz alternativas para nossas maneiras habituais de reagir. Por meio da prática da autoobservação na meditação e na vida diária, mesmo as nossas questões mais profundas podem ser respondidas.

Quando praticamos a meditação diariamente, milagres acontecem em nossas vidas, milagres que para muitos de nós são inexplicáveis, mas que com o conhecimento entendemos o porquê. Aprenda a meditar e pratique a meditação. Compreenda a importância dessa prática e aprenda algumas técnicas eficientes que tenham a ver com seu temperamento, para que você tenha a oportunidade de avalizar tudo isso.”

Vamos Meditar?

A técnica que utilizamos é muito simples e segura pra quem esta dando os primeiros passos na meditação. Chama-se JAPA, que consiste na repetição de um mantra, que será nosso objeto ou semente (“bijam mantra” = mantra semente). Nas nossas aulas usamos o mantra SO HAM, que é  milenar e muito auspicioso.

Meditação Transcendental

A MT, como é conhecida pelos seus iniciados, é uma linha de prática difundida por Maharishi de acordo com ensinamentos Védicos milenares. Escolhi a MT como prática pessoal porque é uma das técnicas mais testadas em pesquisas científicas. A conexão do Yoga e da Meditação com a nossa Ciência moderna é, para mim, algo valioso e que deve acrescentar informação para que nos tornemos conscientes e convictos do seu valor para a humanidade.  Fui iniciada em janeiro 2010 e sigo meditando 20 minutos de manhã e mais 20 minutos no fim da tarde, com uma disciplina que nunca tive quando pratiquei outras técnicas.

Leia mais sobre a técnica em; http://www.meditacaotranscendental.com.br/tecnicas-meditacao/

Leia mais sobre as pesquisas já desenvolvidas usando o método em: http://www.meditacaotranscendental.com.br/pesquisa-meditacao/

Leia mais sobre os benefícios em: http://www.meditacaotranscendental.com.br/beneficios-meditacao/

Essa é uma gravura antiga, pintada na Índia que ilustra um mestre yogue em samadhi, ou nirvana… Ao seu redor a população “ajudando” para que nada de mal lhe aconteça. Para as pessoas de uma localidade, a presença de um mestre meditante é sinal de bons augurius

Orientações ao praticante.

Namastê Hari Om…

O YOGA é um processo interno que continua tendo seus efeitos fora da sala de aula. Você se tornará cada vez mais consciente do que é melhor para si próprio, para os que o cercam e para o meio ambiente de que desfrutamos

Em resumo, aqui seguem algumas instruções importantes para os praticantes de Yoga.

1.  Prefira sempre ROUPAS CONFORTÁVEIS e que permitam ampla movimentação. Bermuda de surf não é recomendada para os meninos, indicamos bermuda ciclista;

2. Seja pontual! Chegue um pouquinho antes da aula. Sempre temos algo a conversar;

3. Tenha uma POSTURA auto-observadora, equânime e não violenta com seu corpo, você é o maior responsável pelo seu bem estar, portanto esforce-se para ficar no seu limite saudável;

4. Evite a todo custo forçar com dor as articulações. Não é normal sentir dor dentro das articulações, se isso acontecer desfaça a postura devagar.

5. Mantenha seu professor integralmente informado de seu estado de saúde(exemplo: hipertensão, problemas cardíacos, gravidez, hérnia etc.); e seu médico integralmente informado de suas aulas de yoga. Um ATESTADO MÉDICO é sempre uma segurança a mais para todos;

6. Mesmo sendo saudável, NÃO PRATIQUE ásanas se tiver FEBRE, gripe, enxaqueca ou qualquer outra doença passageira.

7. As MENSALIDADES devem ser pagas sempre até o dia 02 de cada mês, antecipando as aulas;

8. AULAS PERDIDAS podem ser recuperadas somente no mês vigente ao pagamento e dependerá da disponibilidade do professor;

9. Adquira o seu TAPETINHO, ele conta a história de sua prática e é energeticamente mais saudável;

10. Avise ao seu professor se for faltar ou tirar férias. Neste último caso peça ao professor para fazer o seu sádhana (prática diaria individual).

 

 

…Para se manter atualizado, cadastre seu e-mail no ícone “Seguir” do canto direito da tela. Isso vai ser legal!

De Porto Alegre a Fortaleza…

26/03/2012

Depois de quase 10 anos vivendo em Porto Alegre, escolho voltar à Fortaleza. Já era tempo de praias lindas, banho de mar morninho, sotaque cearense e práticas de Yoga em temperatura booooa demais. (…os gaúcho sabem do que estou falando…Aliás estão todos mais do que convidados ao nosso Ceará).

Foram 9 anos de experiência à frente do Samádhi Yoga Centro, escola que mantive com o amor do meu trabalho e que passei às minhas amigas, professoras gaúchas Simone Pereira e Juliana Vaz.

Vida longa ao Samádhi! http://www.samadhiyogacentro.com.br

Agradeço profundamente aos amigos, professores, alunos e especialmente a Joana de Pinho, por terem feito da minha vida no Rio Grande do Sul uma aventura de descobertas, apredizados e convívios enriquecedores. Agradeço também a Eduardo Cotliarenco por todo o amor que compartilhamos. Os gaúchos são realmente admiráveis! Adoro Porto e por isso vou sentir saudades!

…Agora é tempo de novas possibilidades! Sinto sede de dar aulas, construir e conviver agora com o meu povo, na minha terra. Como professora de Yoga trago bagagem para acalmar, fazer suar e ampliar a consciência de todas as pessoas dispostas a mergulharem comigo nesse mar.

Como professora, pude testemunhar transformações muito bonitas na vida dos meus alunos. Por isso sou tão grata. O Yoga é o tesouro humano que nos foi dado generosamente pela mãe Índia, mãe de todas as civilizações, e, curiosamente, seu esconderijo, que de início parece intangível, revela-se ao alcance de uma simples respiração consciente. Cada um de nós carrega o Yoga dentro de si. Essa é justamente a beleza da prática!

Desejo mais vida, mais saúde, mais paz interior, mais sensibilidade e intuição à todos os seres!

Mais amor… Eu amo Yoga.

Namastê,